in

Novo boletim do Ministério da Saúde aponta surto de sarampo em estados brasileiros


O Ministério da Saúde divulgou, nesta quarta-feira (17), um novo boletim sobre os casos de sarampo do país. Já foram contabilizados 2.192 casos confirmados, além de 12 mortes só nesse ano.

Dentre as mortes por sarampo, 6 ocorreram no Amazonas, 4 em Roraima e 2 no Pará. Nos primeiros dois estados, o número de casos também assusta ? 1.776 e 330, respectivamente. O quadro abaixo quantifica o surto nos estados brasileiros onde a doença já atingiu a população.

A doença tem como principais sintomas a irritação nos olhos, corrimento no nariz, manchas brancas na parte interna da bochecha, tosse persistente e manchas vermelhas na pele. Em casos mais graves, pode causar lesão cerebral e até mesmo infecções no encéfalo.

Trata-se de uma doença viral altamente contagiosa de transmissão parecida com a gripe ? tosse e secreções, de pessoa para pessoa. Não existe um tratamento específico para o sarampo. Contudo, em casos menos graves, a ingestão de líquidos e o controle da febre evitam maiores complicações.

O Ministério da Saúde, segundo o G1, afirmou que os casos estão diretamente ligados à chegada do vírus de genótipo (D8) ao Brasil. O vírus é o mesmo presente na Venezuela, país vizinho que vem enfrentando um surto da doença desde o ano passado.


Por outro lado, o Brasil conseguiu alcançar a meta de vacinação contra poliomielite e sarampo. As campanhas de vacinação atingiram 95,4% de crianças de 1 a 5 anos quanto à vacina de poliomielite, e 95,3% para a de sarampo. A meta era atingir os 95%.

A campanha já se encerrou, mas as vacinas permanecem disponíveis durante todo o ano nos postos de saúde de todo o país. A imunização se dá através de injeção e não de gotinhas como a de poliomielite. Ela está incluída tanto na vacina tríplice viral quanto na tetraviral e em caso de dúvidas procure a unidade de mais próxima com a carteirinha de vacinação de seu filho.

Veja também:

Compartilhe em suas redes sociais!

Escrito por Juliana

Estudante de Relações Públicas na UEL, geminiana, e fã do ato de jogar uma conversa fora. Amadora de séries, filmes e artes, no geral.

Uma cidade na China planeja lançar uma “lua artificial” que iluminará os céus até 80 km ao redor

Baleia azul perde 1º lugar de maior ser vivo da Terra para fungo que chega a pesar de 440 toneladas